Quando criei este blog não tinha uma proposta clara de conteúdo, a ideia era escrever o que me “desse na telha”, sem nenhum critério específico. Um dos primeiros nomes foi “Mente borbulhante”, achei legal, mas não era exatamete um nome que definiria a proposta do blog. Um dos temas que mais pretendia abordar por aqui eram midias sociais, e logo me lembrei que o ciberespaço é um ambiente totalmente entrópico, olhei para minha mesa, vi a bagunça reinante e me lembrei de um artigo que li, que o estado natural de tudo é o caos, observe sua mesa agora e me diga se ela esta arrumada?

Este ambiente fantástico que é o ciberespaço, é caótico, uma chuva de informação, ruido para uns, fonte de informação para muitos, caótico para muitos, organizado ou organizavel para outros. Logo não poderia existir nome melhor para o blog, e nasceu ai o Entropia! Com exclamação para indicar a intensidade da mesma, um nome que sintetiza tudo: O ciberespaço, a proposta multidisciplinar do blog, e o modo como as ideias e informações são processadas nas nossas cabeças.

Como não poderia deixar de ser, um pouco de teoria, a Entropia da informação, uma teoria desenvolvida em 1948 por Claude E. Shannon, onde ele trata de um modelo matemático para definir o limite entre o volume de informação e o entendimento da mesma, ou em outras palavras, o limite entre o volume de informação e o ruido. Creio que na equação de Shannon, tenhamos de acrescentar novas variaveis hoje em dia, afinal se em 1948 não existia internet, quem dirá agregadores, e outras ferramentas que driblam esta limitação informacional, isto sem falar que os mais jovens tem uma capacidade maior de absorver informações de fontes distintas simultâneamente.

Categorias: Ta Falado

5 comentários

ALEXANDRE · 30/06/08 às 09:53

Faaala Caribé, a quanto tempo não nos falamos heim? Como andam as coisas? Manda notícias… manda um contato seu – quando eu for ao rio quero trocar umas idéias contigo.

Abração
Alexandre – Bolt Brasil – BH

Orlando G. da Silva · 19/07/08 às 16:18

Oi Caribé,
o twitter tava fora do ar daí vim até aqui para fazer contato. Rs Rs.

Acabei relendo o motivo do nome Entropia. Desde que vi essa sua explicação fiquei com uma curiosidade extrema.

Como é transportar essa noção de entropia da informação de um modelo matemático para um modelo teórico conceitual interpretativo?

Na Administração aprendemos a noção de Entropia Negativa (desenvolvimentos à partir da Teoria Geral dos Sistemas), contudo existem críticas a esta adoção das noções originárias das ciências físicas. Fala-se em “ilusão científica”.

Vou estudar. Tenho que estudar!!!!!!!. Dicas?!!

Ps. Cadê o post da Blogagem Política no Blog Cidadão?! Rs Rs.

André · 12/03/09 às 13:29

Caribé,

estive aqui vendo seu BLOG pelo nome, estou em busca de informações sobre entropia negativa, pude entender o que é a entropia..mas que seria a entropia negativa? Sei que, como disse o Orlando, esta envolvido com a teoria de sistemas, ou mais precisamente é uma vantagem ou caracterização de sistemas abertos.

Pode me dar uma dicas sobre entropia negativa?

Forte Abraço,

André

João Carlos Caribé · 12/03/09 às 15:10

André, eu fiz um post aqui sobre Entropia negativa, mas no sentido filosofico, entendo que entropia negativa seja uma entropia em sentido contrario, mas como sistematizar isto é que fica complicado. Quanto mais na teoria de sistemas, sugiro procurar na Wikipedia.

Sugiro comecar por aqui: http://en.wikipedia.org/wiki/Information_entropy

André · 13/03/09 às 18:56

Caribé

Obrigado pela resposta!! Apresentei um trabalho hoje na faculdade e obtive sucesso. Muito bom seu blog..parabéns

Agradecido

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: