No limiar do ponto de ruptura

No limiar do ponto de ruptura

Estamos vivendo um momento extremamente crítico, movimentos globais nas quatro arenas (vídeo abaixo): Legal, Comportamental, Técnica e de Governança estão atuando em conjunto colocando em prática diversas estratégias para o controle da rede. Os atores deste processo são facilmente identificáveis: Na esfera corporativa são  os “atravessadores” do direito autoral e propriedade intelectual, as empresas deLeia mais sobreNo limiar do ponto de ruptura[…]

A Matriz de forças da sustentabilidade

A Matriz de forças da sustentabilidade

Há pouco mais de um ano escrevi um texto chamando Sustentabilidade Insustentável, uma provocação que deu certo. Nele eu destacava que na prática em se tratando de sustentabilidade, somos quase todos hipócritas e egoístas, pois ao mesmo tempo que nos tornamos verdes, continuamos agindo como se o mundo fosse um gigantesco shopping. Propus que aLeia mais sobreA Matriz de forças da sustentabilidade[…]

A singularidade das multidões

A singularidade das multidões

multidão (latim multitudo, -inis) s. f. Grande número de pessoas (ou de coisas). Aglomeração; montão. Povo; populacho; turba. Ao pensarmos em multidão imaginamos o caos, desorganização, confusão, contra produção. Assim foi por muitos anos no espaço da racionalidade. Práticas educacionais e corporativas buscaram na padronização o caminho para o progresso, alinhados à cultura da produçãoLeia mais sobreA singularidade das multidões[…]

Orwell & Huxley um ensaio distópico

Orwell & Huxley um ensaio distópico

Uma Distopia ou Antiutopia é o pensamento, a filosofia ou o processo discursivo baseado numa ficção cujo valor representa a antítese da utópica ou promove a vivência em uma “utopia negativa”. São geralmente caracterizadas pelo totalitarismo, autoritarismo bem como um opressivo controle da sociedade. Nelas, caem-se as cortinas, e a sociedade mostra-se corruptível; as normasLeia mais sobreOrwell & Huxley um ensaio distópico[…]

A Campus Party que todo mundo vê, mas poucos enxergam

A Campus Party que todo mundo vê, mas poucos enxergam

Decidi fazer este post como um exercício, venho enfrentando um momento estranho, parece que perdi momentâneamente minha habilidade com a escrita, talvez seja porque tenho convivido com dinossauros mais do que o tolerável, tenho participado de reuniões onde as pessoas possuem pastas com email impresso! Para tentar resgatar o meu verdadeiro eu, decidi me internarLeia mais sobreA Campus Party que todo mundo vê, mas poucos enxergam[…]

A constante nas organizações modernas é a própria mudança

A constante nas organizações modernas é a própria mudança

Sempre que nos defrontamos com fatos que ameaçam nosso status quo, buscamos comportamentos e fatos semelhantes no passado. Isto nos faz crer que estamos presenciando um “remake”, e de certa forma aliviam a ameaça. Ninguém esta imune a isto, é um comportamento comum, eu mesmo tentei negar para mim mesmo por dois anos, o estouroLeia mais sobreA constante nas organizações modernas é a própria mudança[…]