O dinossauro e o Barcamp

Figueiredo é o presidente de uma grande gravadora, a Anta Records. Figueiredo dedicou a sua vida à Anta Records, entrou lá como office boy e fez carreira até chegar à presidência, se orgulha de cada passo, cada degrau que escalou para chegar onde chegou. Seu Figueiredo fez uma carreira vertical, antigamente era assim. Com uma forte dose de romantismo, a carreira vertical, é um sinônimo corporativo do “aprender com os próprios erros”. Mas o tempo passou, ainda bem! Hoje as carreiras são horizontais, muitos empregos, muitas culturas, tornam as empresas e os executivos mais competitivos.

A Anta Records é tudo na vida do seu Figueiredo, ele se orgulha de ter lançado diversos sucessos, orgulha-se de sua relação com as radios e sua eficiente rede de distribuição, orgulha-se de possuir os melhores estudios do mercado, afinal tem realmente do que se orgulhar. Seu Figueiredo chegou lá, esta tranquilo, realizado, mas seu novo assistente, o Junior Silva vem tirado seu sono.

Junior Silva é um garoto antenado, filho de Apolônio Silva, o Junior sempre gostou de música e tecnologia. Conseguiu o emprego na Anta Records como assistente do seu Figueiredo. Seu Figueiredo pode ser um “dinossauro”,  mas percebe que alguma coisa esta acontecendo e que o filho do seu vizinho moderninho, poderia lhe mostrar o caminho. Apesar disto, seu Figueiredo é um cara “osso duro de roer”, ao mesmo tempo que quer inovação tem pavor de perder seu “status quo”.

Um belo dia Junior percebeu que a oportunidade para “digitalizar” o analógico seu Figueiredo havia surgido, e então correu para a sala do seu Figueiredo, abriu a porta esbaforido e falou:

– Seu Figueiredo, tenho otimas ideias para o senhor, vai acontecer um Barcamp no próximo sábado e imagino que podemos encontrar grandes oportunidades para Anta Records.

Figueiredo fitou o Junior pensativamente, levantou suas fartas sobrancelhas alternadamente, colocou a mão no queixo, parecia pensativo. Depois de alguns segundos soltou um sorriso e exclamou:

– Junior, em que um acampamento de manguaceiros pode nos ajudar?

Ai meu Deus! Pensou Junior,  ja vi que vou ter de explicar detalhadamente ao Seu Figueiredo, haja paciência, mas vamos lá:

– Seu Figueiredo, de onde você tirou a ideia de que vamos à um acampamento de manguaceiros?

– O que mais poderia ser “Bar Camping”, que não um acampamento em um bar, deve ser nojento isto. Que tipo de gente frequenta um negócio destes?

– Seu Figueiredo, estes eventos são frequentados por profissionais de diversas áreas, blogueiros, formadores de opinião, hubs de mídias sociais, e gente de todo tipo. E não é um acampamento num bar.

– Junior, este pessoal pode ficar acampado, mas eu estou muito velho para acampamentos, prefiro que você peça a dona Terezinha para reservar um Hotel para mim, ao menos eu vou ao “Bar do hotel”. Alias para que eles vão levar hubs para o acampamento? E o que é este tal de “Bar Camping” afinal?

– Seu Figueiredo, hub é o nome dado à formador de opinião, são elos chaves no Buzz Marketing. Barcamp é uma desconferência.

Seu Figueiredo solta uma sonora gargalhada, e fala:

– Junior, desconferência seria uma conferência ao contrário? Seria o público no palco e o palco no público? Vamos ter de chegar la falando nossos nomes de trás para frente?

– Boa Seu Figueiredo ! É quase isso, na verdade é uma espécie de conferência onde não existe pauta, e qualquer um pode debater, não existe uma linha clara entre público e palestrante,  o evento é bem informal, mas é bem interessante.

– Tudo bem Junior, acho que estou entendendo; mas me diga, este negócio de midia social é coisa daquele presidente barbudo?

– Não seu Figueiredo, não é não, depois eu explico ao senhor. Agora preciso me inscrever no Barcamp.

– Também quero ir Junior, me inscreve também no Bar Camping, quero ver de perto como é que são estes hubs e o que é esta tal de mídia social.

– Tudo bem seu Figueiredo, vou inscrever o senhor também.

Duas semanas se passaram e amanhã é dia de BarCamp, as sugestões de temas estão quentissimas, mas Junior esta preocupado, tem certeza que o seu Figueiredo vai meter o pé na jaca, principalmente porque um dos temas é o caso do Radiohead, a gravadora RCRD LBL e outros inovadores…

(continua…)

Nota: Isto é uma obra de ficção, qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência.

    7 comentários sobre “O dinossauro e o Barcamp

    1. Pingback: Caribé !

    2. Pingback: Caribé !

    3. Pingback: Buzz Makers !

    4. Pingback: Campus Party BR 2008

    5. Pingback: Caribé !

    6. Pingback: Caribé !

    Deixe uma resposta