Um livro misticamente indicado

Você ja teve aquela sensação de dejavue? Ja esteve antes em algum local novo e sentiu que ja estivera la antes? Ja pensou ou sonhou com pessoas e fatos que acabaram se configurando como uma espécie de premunição?

Existem muitas perguntas sem respostas, entrar nesta seara pode abrir diversas teorias, de cunho religioso,  mistico, sensorial, energético ou transcendental.

Na verdade não podemos deixar de levar em consideração que existe algo alem do material. Alguns chamam de energia, espirito, santo ou entidade, o nome mesmo não tem muita importância, o que importa mesmo é reconhecer esta presença.

Mundo espiritual, céu, quarta dimensão, será que os mundos se sobrepõem e se interceptam contrariando as leis da física de que dois corpos não ocupam o mesmo lugar no espaço?

Provavelmente sim, em se tratando de um universo paralelo, energético ou espiritual, nada impede que duas histórias corram no mesmo tempo e no mesmo local, compartilhando inclusive os mesmos cenários, mas não necessariamente na mesma era. Partindo da premissa da quarta dimensão, o futuro, passado e presente podem coexistir no mesmo momento cronológico e no mesmo espaço físico.

Ainda no universo das suposições, novas descobertas cientificas seriam necessárias para transforma-las em teses, Einstein fez boa parte deste processo, uma análise critica da sua classica equação E = mc² nos leva a concluir que massa e energia transitam facilmente de um lado para outro quando levado a condições como a velocidade da luz ao quadrado.

Poderia continuar escrevendo sobre as hipoteses de uma quarta dimensão ou um mundo espiritual, mas não é exatamente o objetivo deste post, mas o que aconteceu comigo foi no mínimo curioso, me chegou há mais de um ano como um pensamento, algo como:

Pi… A vida de PI…

Somente isto, nada mais, somente estas palavras sem muito sentido, não dei muita importância, mas não me saiu da memória.

Depois de muito tempo fui pesquisar pela frase “A vida de PI” e descobri que existia um livro com este título. Uma pergunta no Shelfari me deixou ainda mais curioso a respeito, 360 pessoas me recomendaram ler o livro e apenas 21 disseram não valer a pena.

Finalmente, no final do ano passado comprei o livro, quando chegou fui logo comecando a ler, e vi que se trata de uma interessante fábula sobre superação e fé. O personagem, um jovem indiano, que adotou para si três religiões: hindu, o Islã e o catolicismo, morava dentro de um zoologico. Em um determinado momento o pai vende o zoologico e partem de navio para o Canada, no meio da viagem o navio afunda e ele se vê num bote salva vidas com um tigre, uma zebra ferida, uma hiena e um macaco. Depois de muita chacina resta a bordo apenas o tigre e o jovem PI. Desenrola-se ai uma historia interessante, que culmina na constatação de que para ele a melhor coisa que aconteceu foi estar com um tigre a bordo. Se não fosse a preocupação com o tigre, provavelmente o tédio e a depressão teria matado PI, mas a eminência de ser morto por um felino selvagem, fez com que Pi colocasse sua sobrevivência em primeiro plano.

De fato eu precisa ler isto…

Por esta e por outros, agora fico mais atento aos pequenos sinais que o universo nos passa, não a ponto de desenvolver uma mania, mas digamos que os “receptores” estão mais sensíveis.

    ,
    One comment on “Um livro misticamente indicado
    1. Pingback: Caribé !

    Deixe uma resposta

    %d blogueiros gostam disto: