Rentabilização no site dos outros é refresco ?

Eu acabei descobrindo esta polêmica no Techbits, que desenvolveu uma matéria interessante sobre um post publicado no OutroLado, criticando o próprio modelo de negócios do site. Dentre as observações do autor do post, destacamos:

Trocando em miúdos, o texto que nós escrevemos e lá publicamos não gera tráfego para os nossos sites e, por consequência, não gera os dividendos advindos dessas visitas.

A princípio, a única vantagem que o autor tem é de divulgar-se um pouco em um site que tende a ser bastante visitado – por estar vinculado a uma grife como o Webinsider -, além de um link que pode ajudar um pouco no PageRank, caso o Outrolado venha a galgar bons degraus no Google.

Interessante a abordagem, mas acho que em linhas gerais é muita discussão para pouca coisa, você não acha?

Vejamos os fatos, o autor do artigo citado coloca algo como: “Nós publicamos e vocês ganham“, a primeira pergunta é ganham quanto ?

O Flash Brasil, o maior site que idealizei e mantenho é muito bem visitado, e a rentabilização me permite comprar três livros por ano na Amazon, pagar as contas do site e um ou dois almoços no ano. Muito dinheiro ? Poucos são os sites/blogs que faturam mais de R$ 1000,00 por ano em rentabilização!

Então vamos à algumas perguntas:

Você acha justo que o cara que cria um site de conteúdo possa ao menos zerar o investimento?
O usuário que publica conteúdo no site de terceiros quer receber uma participação, ele tem ideia do valor que esta reinvidicando?

Mundando de posição, agora como o cara que esta gerando conteudo para o site. A sensação de que esta “pondo azeitona na empada dos outros” é evidente. O imaginário coletivo, em especial no Brasil, é de que o empreendedor sempre lucra muito nas costas daquele que para ele trabalha. O certo é o empreendedor ficar com todos os riscos do empreendimento sozinho e dividir o lucro em partes iguais?

Então vamos à mais uma pergunta:

A unica vantagem de publicar nestes sites é o resultado financeiro direto?

Obviamente que não, o ganho financeiro direto é o menor dos rendimentos, qualquer outro ganho é muito maior. O incremento de visitas ao seu blog, uma ascensão nas ferramentas de busca, são muito mais lucrativos. Uma exposição maior, e principalmente estar ao lado de nomes consagrados de sua área, são valores muito maiores.

Então mais uma pergunta:

Então o grande negócio é que vou ganhar mais exposição ?

Se você chegar a esta pergunta, então ainda não sacou a real oportunidade que é a de receitas indiretas e de médio prazo. Uma vez que seu conteúdo tenha qualidade, ele vai atrair interesse dos leitores, vai te alavancar na blogosfera, vai te jogar na midia de massa ou não, mas novas oportunidades realmente aparecerão, aqueles R$ 2,99 por mês pelos quais você tanto brigou não terão a menor representatividade.

O maior valor de postar em sites assim, é fazer um bom networking !

    6 comentários sobre “Rentabilização no site dos outros é refresco ?

    1. Pingback: Caribé !

    2. Pingback: João Carlos Caribé !

    3. Pingback: João Carlos Caribé

    4. Pingback: Caribé !

    5. Pingback: Gabriela Dornelas

    6. Pingback: Emi. Opss!

    Deixe uma resposta